Ligue agora mesmo: +55 (51) 3726-7474|zebu@zebu.com.br

Aterramento da cerca elétrica: o que é e como deve ser feito

>>Aterramento da cerca elétrica: o que é e como deve ser feito

Aterramento da cerca elétrica: o que é e como deve ser feito

Ao instalar um sistema de cerca elétrica na sua propriedade, o que você espera por parte do produto?

A resposta pode ser bastante óbvia: que ele funcione e apresente um bom desempenho. 

O que muitos esquecem é que também são necessários cuidados para obter esse resultado.

Por exemplo: é preciso fazer o adequado aterramento da cerca elétrica no momento da instalação do sistema.

A seguir, vamos explicar a sua importância e falar sobre como deve ser feita a sua instalação. 

 

O que é o aterramento 

 

Se você não sabe exatamente o que é o aterramento, vamos explicar.

Afinal de contas, estamos  falando daquele que pode ser considerado o componente mais importante de qualquer sistema de cerca elétrica. 

Resumidamente, o aterramento consiste em um determinado número de hastes que são enterradas no solo com a finalidade de proporcionar uma conexão elétrica entre o aparelho, o solo e o animal. 

Quanto maior for a potência do eletrificador e a distância de cerca a ser eletrificada, maior deverá ser o número de hastes presentes no aterramento.  

O correto aterramento da cerca elétrica está intimamente relacionado com a eficiência do sistema como um todo.

Se o aterramento não estiver funcionando bem, a cerca elétrica pode não cumprir a sua função e o animal deixar de receber um choque efetivo.

 

Como deve ser feito 

 aterramento da cerca elétrica: exemplo em destaque

 

A escolha do local 

 

Ao realizar o aterramento da sua cerca elétrica, um dos primeiros e mais importantes pontos a serem observados diz respeito à sua localização.

Veja bem: o aterramento não precisa necessariamente ficar próximo do eletrificador.

O importante é que, sempre que possível, a instalação ocorra em locais úmidos ou sujeitos a encharcamento. 

A umidade do solo é fator determinante para o bom funcionamento dos aterramentos e isso é o que determina a eficiência do eletrificador. 

 

O número de hastes 

 

A quantidade de hastes para o aterramento é determinada por cada modelo de eletrificador e esta informação encontra-se descrita no manual do produto. 

O que se pode afirmar é que o número vai variar de acordo com a potência do aparelho. Quanto maior ela for, maior será a quantidade necessária de hastes.

Nestes casos, para a instalação, cada haste deve ficar a uma distância de 3m uma da outra. 

 

O material do produto

 

Outra dica importante é que os condutores que irão interligar o sistema de aterramento devem ser do mesmo material das hastes de aterramento. 

Se forem hastes de cobre, o condutor deverá ser de cobre com no mínimo 4mm de diâmetro.

O nosso conselho é que o aterramento seja de cobre ou hastes cobreadas. Isso porque ele possui melhor condutividade e uma vida útil maior.

 

Atenção para os choques 

 

Fique atento: se o aterramento estiver dando choque é sinal de que há alguma falha em sua instalação. 

Será necessário reforçar o aterramento, verificar se as hastes estão em lugar úmido, se não estão enferrujadas ou com conexões oxidadas e se a sua quantidade é suficiente para o modelo de eletrificador usado na propriedade.

Quer saber mais sobre o processo do aterramento? Assista ao vídeo e garanta a eficiência do seu equipamento.

 

 

Acesse nosso site para conferir os produtos que a Zebu Cercas Elétricas possui para você realizar o aterramento.

Clique AQUI e descubra o revendedor Zebu mais próximo de você.

De |2020-01-20T09:57:47+00:00janeiro 17th, 2020|Agronegócio|0 Comentários

Deixe um Comentário